Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Programa Onda Digital promove oficina Robótica Livre - BA



Nos dias 27 e 28 de novembro nosso maluco-beleza Fernando Moreira ministrará uma oficina de Robótica Livre no Instituto de Matemática da UFBA, pelo programa Onda Digital. Essa programação faz parte do fórum interdisciplinar sobre formação docente com tecnologias.

Não perca essa oportunidade, inscreva-se já, é GRATUITO: http://www.forumondadigital.ufba.br/

A oficina abordará de forma introdutória conceitos relacionados à robótica, automação e como desenvolver alguns produtos de Robótica Educacional utilizando tecnologias livres de hardware (Arduíno) e software (Scratch/S4A), juntamente com materiais reciclados, onde serão abordados conceitos de Informática e Eletrônica com alguns exemplos práticos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Curso de francês online

Estudantes de universidades federais e estaduais e de institutos federais poderão se habilitar a partir da próxima sexta-feira, 21, a uma das 1,5 mil vagas para o curso on-line de língua francesa do Français sans Frontières. As regras para participação no processo seletivo do curso, que integra o Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF), constam do Edital nº 33, publicado nesta terça-feira, 18, no Diário Oficial da União.
Saiba mais: http://goo.gl/rV6wvQ

Ouça aqui: http://goo.gl/5jnLGq

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Curso "Atenção a homens e mulheres em situação de violência por parceiros íntimos"

A UFSC e o   Ministério da Saúde estão ofertando  curso de capacitação a distância "Atenção a Homens e Mulheres em situação de Violência por Parceiros Íntimos" para profissionais da Atenção Básica, NASF e profissionais que atuam no sistema de saúde prisional.


O  link de acesso as informações sobre o curso e para fazer a inscrição é:  violenciaesaude.ufsc.br

Inscrições abertas a partir de 15/10/2014.



O principal objetivo deste curso é que você, profissional de saúde, saiba reconhecer se os sintomas e lesões apresentados pelas usuárias e usuários podem estar ligados a situações de violência por parceiros íntimos, realizando a identificação, o acolhimento e os encaminhamentos adequados. Além disso, o curso busca apresentar como esta violência se apresenta geralmente de forma diversa entre homens e mulheres e como isto está relacionado, dentre outras questões, às construções de gênero. 


Conheça o conteúdo, participe! 

FONTE: CIES

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Secretaria da Educação oferece 13.395 vagas em cursos técnicos gratuitos - BA

Oportunidades são pessoas que concluíram o ensino médio em escolas da rede pública de educação, no âmbito federal, estadual ou municipal



Secretaria da Educação do Estado da Bahia abriu nesta terça-feira (4) as inscrições para 13.395 vagas em cursos técnicos gratuitos de nível médio para os Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional em 69 municípios baianos. As vagas são destinadas a estudantes, jovens e trabalhadores, que concluíram o ensino médio em escolas da rede pública de educação, no âmbito federal, estadual ou municipal. 

As oportunidades são nas áreas de Análises Clínicas, Administração, Agroindústria, Agricultura, Biotecnologia, Contabilidade, Documentação Musical, Desenho da Construção Civil, Enfermagem, Edificações, Eletromecânica, Eletroeletrônica, Informática, Nutrição e Dietética, Química, Logística, Segurança do Trabalho, Gerência em Saúde, Guia de Turismo, Meio Ambiente, Petroquímica, Serviços de Restaurante e Bar e Zootecnia. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de novembro através do site da secretaria e os convocados serão selecionados por meio de um sorteio eletrônico que está previsto para acontecer no dia 25 de novembro, às 15h, no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT). A matrícula dos contemplados acontecerá de 09 a 11 de março de 2015.

Fonte: iBahia.com 

Instituto Benjamin Constant inscreve para cursos voltados a deficientes visuais


Estão abertas as inscrições para os cursos do Instituto Benjamin Constant (‪#‎IBC‬) para o ano de 2015. A instituição é um órgão do Ministério da Educação referência nacional em Educação Especial para pessoas com deficiência de visão. São mais de 20 cursos oferecidos nas áreas acadêmica, de reabilitação, médica, profissional, além de cultural, esportiva e de lazer, nos turnos da manhã e tarde. O IBC possui alojamento para alguns cursos.
Saiba mais: http://goo.gl/GJUmD4
Ouça aqui: http://goo.gl/sTzstb
O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

USP lança curso de extensão online que ensina a escrever artigos científicos

Para melhorar a qualidade da elaboração de artigos científicos por pesquisadores brasileiros, a  Universidade de São Paulo (USP), líder em produção científica no país, lançou o curso de Escrita Científica. Formatado para a web e oferecido gratuitamente, o curso tem como objetivo auxiliar pesquisadores e estudantes de pós-graduação na elaboração de artigos de maior relevância acadêmica. “A redação de trabalhos científicos, elaborados para serem publicados em revistas, é um dos gargalos para o crescimento da produção científica das universidades, incluindo a própria USP”, afirmou o pró-reitor de pesquisa da instituição, Marco Antonio Zago, em reunião recente com dirigentes da universidade. “A técnica não é dominada amplamente, em especial pelos pesquisadores principiantes e alunos de pós-graduação”, disse.

http://www.escritacientifica.com/pt-BR/videoaulas 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

UFRB promove palestra "Foucault, genealogia e história" - BA


Universidade Federal do Recôncavo da Bahia-Centro de Artes ,
Humanidades e Letras.
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) e o Seminário Metodologias Cruzadas
Convidam para a palestra: Foucault, genealogia e história
Giovana Temple
Professora Adjunta de Filosofia da UFRB
Líder do Grupo de Pesquisa Subjetividade no Pensamento Contemporâneo
Coordenadora do Projeto CNPq Foucault e a Crítica do Sujeito
Mediação: Suzana Maia
Onde: Prédio da Fundação Hansen, Cachoeira-Bahia.
Quando:23 de outubro de 2014.
Horário: 14:00

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

UFRJ promove Curso de Aperfeiçoamento em Gestão Etnoterritorializada da Educação Escolar Indígena, a distância

Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, em parceria com aSecretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão – SECADI / MEC, torna público que estão abertas as inscrições para o Curso de Aperfeiçoamento em Gestão Etnoterritorializada da Educação Escolar Indígena no âmbito da Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Básica – RENAFOR.  
O curso será oferecido na modalidade a distância, com carga horária de 180 horas. Foi desenvolvido pelo Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento / Departamento de Antropologia – Museu Nacional (LACED/DA-MN-UFRJ), em diálogo com a Coordenação Geral de Educação Escolar Indígena/Diretoria de Políticas de Educação do Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (CGEEI) e será certificado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
São oferecidas 240 vagas a serem preenchidas por ordem de inscrição e atendimento aos pré-requisitos (Termo de Compromisso assinado e Carta de Recomendação).
O ambiente virtual de aprendizagem utilizado para este curso será o Moodle (AVA@UFRJ) e seus objetivos são:
a) apresentar informações básicas sobre a presença e a participação dos povos indígenas no processo de formação do Brasil, suscitando debates e estimulando a revisão do que está, inadequadamente, descrito ou deformado por visões preconceituosas;
b) promover formação teórica e prática para a gestão etnoterritorializada da educação escolar indígena;
c) contribuir para a consolidação da política de implementação dos Territórios Etnoeducacionais, por meio da formação continuada para a gestão educacional. 
Sobre o Público alvo e os Pré-requisitos:
1) Público alvo:
a) gestores, técnicos, professores, necessariamente em exercício nos sistemas públicos estaduais, municipais ou federais com ações voltadas para Educação Escolar Indígena.
b) membros das Comissões Gestoras dos Territórios Etnoeducacionais, membros da Comissão Nacional de Educação Escolar Indígena e interessados que façam parte de Fóruns e Comitês ligados à temática da Educação Escolar Indígena. 
3) Pré-requisitos:
a) acesso a internet banda larga e disponibilidade de 8 (oito) horas semanais para dedicação ao curso, assinado em Termo de Compromisso anexo.
b) carta de recomendação (da chefia, no caso do servidor público) atestando o vínculo do candidato com gestão da educação indígena na função ocupada atualmente. 
Para inscrição envie o Termo de Compromisso assinado e a Carta de Recomendação: via email para laced@mn.ufrj, e para o endereço:
Laced/Departamento de Antropologia/Museu Nacional/UFRJ
a/c Antonio Carlos de Souza Lima
 Quinta da Boa Vista s/n – São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ. CEP: 20940-040.

Inscrições: de 18/09 a 25/10
Início: 10/11/2014
Email para contato: laced@mn.ufrj.br

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

USP oferece 3 cursos gratuitos sobre a História do Brasil

USP oferece através do site da Univesp TV disponibiliza 3 cursos gratuitos online sobre a História do Brasil.
Univesp TV é o canal de comunicação da Universidade Virtual do Estado de São Paulo, a quarta universidade pública paulista e visa ao incentivo à formação integral do cidadão.
Veja os três cursos oferecidos pela USP:
A América portuguesa dos séculos XVI e XVII: sociedade, política, economia e cultura.
 Objetivos
- Analisar a incorporação da América aos mercados mundiais da Época Moderna, mais especificamente aos padrões de colonização portuguesa;
- Analisar a formação, na América Portuguesa, de uma sociedade escravista, bem como suas formas básicas de reprodução;
- Analisar as condições de exercício de poderes locais e a reconfiguração, na América, de estruturas políticas do Antigo Regime português;
- Discutir criticamente a historiografia clássica e os debates historiográficos mais recentes acerca dos temas a serem abordados no curso.
Programa
  • América Indígena
  • A expansão comercial europeia e o continente americano
  • Os portugueses na América: feitorias e capitanias hereditárias
  • Os franceses na América e a competição mundial do século XVI
  • O imaginário da colonização
  • Economia e sociedade do açúcar
  • Trabalho indígena e trabalho africano: a formação de uma sociedade escravista
  • Religião e colonização
  • Os holandeses na América e a competição mundial do século XVII
  • O debate historiográfico em torno do “Antigo Sistema Colonial”
  • A ocupação do território
  • A administração colonial
  • Fundamentos da sociedade colonial
Apogeu, crise e fim da colonização portuguesa da América (c.1695-c.1822)
Programa
  • O ouro do Brasil e a economia mundial.
  • A sociedade das Minas Gerais.
  • O Reformismo Ilustrado e a América portuguesa.
  • Fronteiras coloniais e limites no século XVIII.
  • Escravidão, tráfico negreiro e escravismo, séculos XVIII e XIX.
  • Literatura e cultura letrada.
  • A ideia de Brasil no século XVIII.
  • Motins e sedições: os padrões de contestação política.
  • O debate historiográfico em torno da “crise do Antigo Sistema Colonial”.
  • A Corte no Brasil e as reconfigurações do Império Português.
  • A Independência e a formação do Estado e da nação.
  • A parte e o todo: a dinâmica da colonização, séculos XVI-XIX.
Objetivos
- Analisar as reconfigurações políticas, econômicas, sociais e culturais na América portuguesa durante o século XVIII.
- Analisar a crise do Império português e a criação das condições de possibilidade para o surgimento e consolidação, nas primeiras duas décadas do século XIX, de um projeto de ruptura política entre Portugal e Brasil
- Discutir criticamente a historiografia clássica e os debates mais recentes acerca dos temas a serem abordados no curso.
Curso com a participação de vários professores aborda a história do país, da época dos jesuítas à Primeira República.
 Programa
  • Padre Antônio Vieira e a educação jesuítica
  • Reformas Pombalinas e estatização do ensino
  • Dom João VI
  • Demografia histórica
  • Independência
  • Primeira República
  • Independência
  • Jesuítas
  • Preceptoras
  • Reformas Pombalinas e ensino jesuítico
  • História da Alfabetização no Brasil
  • Abolição
Aproveite e bom estudo!
FONTE: Canal do Ensino

Ilê Aiyê promove oficinas de estética afro - BA



ÚLTIMAS VAGAS!
As inscrições vão até dia 26 ou enquanto durarem as vagas.
Podem se inscrever homens e mulheres com 16 anos ou mais e formação livre.
É preciso levar originais e cópias de RG, CPF e comprovante de residência.
Os participantes terão lanche e ajuda de custo para transporte.
As oficinas duram 6 meses e têm início em outubro. Aulas na sede do Ilê Aiyê - Oficial

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Curso a distância "Comunicação estratégica e incidência política para organizações da sociedade civil"

Curso na modalidade Educação a Distância - On-line

Dia 06 de outubro a 05 de dezembro de 2014 (60 horas de formação a distância)
O curso traz uma abordagem da comunicação estratégica direcionada a organizações, movimentos e projetos sociais, considerando sua estrutura, contexto em que estão inseridas e suas metas. Os conteúdos enfocam o uso das diferentes ferramentas e linguagens da comunicação, visando o desenvolvimento institucional, a articulação de parcerias, a mobilização e o engajamento social.

O curso é dirigido a integrantes da equipe de trabalho de organização da sociedade civil (OSC).

Para fazer sua inscrição, veja as informações detalhadas em anexo e depois preencha o formulário no link https://docs.google.com/forms/d/19TXLXT-adCz03hhPL-ic2CKH84Q4XJIXLOkUI8HqaQs/viewform

O prazo de inscrição é dia 20/09/2014

A partir das inscrições, será realizado um processo de seleção, com base em critérios pré-estabelecidos de equilíbrio geográfico, diversidade de porte e temas das OSC´s.

A formação é gratuita e o/a selecionado/a deve assumir o compromisso de participação e realização das atividades.

Qualquer dúvida entre em contato através do e-mail comunicacao.ead@abong.org.br

Renata Pistelli - Formação
Rua General Jardim, 660 - 7º andar, CEP 01223-010
+55 11 3237-2122 | www.abong.org.br 

terça-feira, 2 de setembro de 2014

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Bloco afro Muzenza promove oficinas artísticas gratuitas - BA




Estão abertas as inscrições no Centro Social Urbano da Liberdade,que fica na Estrada da Liberdade nº 100, Próximo ao Shopping Liberdade.
Das 10h as 12h das 14h as 17h.

Endereços, telefones e horários de funcionamento de cada entidade.

Podem se inscrever homens e mulheres com 16 anos ou mais e formação livre.
É preciso levar originais e cópias de RG, CPF e comprovante de residência.
São oficinas diferentes em cada entidade, confiram os títulos abaixo.

Filhos De Gandhy: R. Gregório de Matos, 53, Pelourinho, das 13h às 18h. +info: (71) 3321-7073
>> Percussão
>> Canto
>> Adereços e turbantes
>> Yorubá
>> Corte e Costura


Bloco Afro Malê Debalê:
>> Percussão
>> Dança Afro
>> Estética Afro
>> Customização de Acessórios Malê
>> Cultura Hip Hop


Bloco Afro Muzenza do Reggae:
>> Percussão
>> Corte e Costura
>> Canto
>> Dança Afro
>> Estética Afro


Cortejo Afro:
>> Desenho e Criação de Estampa
>> Percussão
>> Novos Conceitos para Estética
>> Corte e Costura
>> Design de Moda


Em breve informações sobre oficinas do Ilê Aiyê - Oficial.

sábado, 16 de agosto de 2014

Curso "Cartografia Afetiva da Cidade - Memórias, Lugares e (Re)Criação", com Ana Maria Gonçalves - BA

"A cidade se embebe como uma esponja dessa onda que reflui das recordações e se dilata. (...) Mas a cidade não conta o seu passado, ela o contém como as linhas da mão, escrito nos ângulos das ruas, nas grades das janelas, nos corrimãos das escadas, nas antenas de para-raios, nos mastros das bandeiras, cada segmento riscado por arranhões, serradelas, entalhes, esfoladuras." - Ítalo Calvino, em As Cidades Invisíveis
A cidade como personagem, como musa, como fonte historiográfica, como texto, como paisagem, como símbolo, como abrigo e desabrigo, como montagem. Esses são alguns dos vários modos de se "ler" uma cidade que a escritora Ana Maria Gonçalves gostaria de colocar em discussão durante o curso "Cartografia Afetiva da Cidade - Memórias, Lugares e (Re)Criação". Partindo do pressuposto de que toda leitura é histórica, a autora abordará o processo de inscrição, em seu livro Um defeito de cor, de lugares como a Ladeira do Carmo, a casa onde nasceu Luiz Gama, na Rua do Bângala, a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a antiga Faculdade de Medicina, a Casa da Câmara e Cadeia Municipal, a Santa Casa da Misericórdia, o Terreiro de Jesus e o Mirante do Elevador Lacerda. Partindo desses lugares, os alunos serão estimulados à reflexão sobre o espaço histórico e geográfico que habitam, desenvolvendo seus próprios mapas afetivos da cidade de Salvador.
Serviço:
Curso: "Cartografia Afetiva da Cidade - Memórias, Lugares e (Re)Criação"
Duração: 10 aulas semanais, de 3 horas cada
Quando: de 20/08 a 22/10, às quartas-feiras, das 19:00 às 22:00h
Investimento: gratuito
Onde: Casa de Castro Alves - Rua do Passo, 52 - Santo Antônio (ao lado da Igreja do Passo)
Número de participantes: máximo de 30
Pré-seleção: os interessados devem enviar e-mail, até 18/08, para memorialugaresrecriacao@gmail.com, com nome, telefone, ocupação e um texto de no máximo 10 linhas explicando o motivo pelo qual gostaria de fazer o curso. Os selecionados serão avisados através do e-mail fornecido.

*******
Casa de Castro Alves: http://casadecastroalves.com/

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Arquivo Público receberá debate sobre “Violência Policial e Comunicação” nesta quinta (14) - BA

O projeto “Quintas na Quinta”, que integra a programação da 3ª Bienal da Bahia, receberá nesta quinta (14/08), às 14h30, no Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), o debate sobre “Violência Policial e Comunicação". Os convidados para a atividade são o Grupo de Trabalho Narradores: Ítala Herta, Monique Evelle, Negro Davi e Enderson Araújo.

A atividade é gratuita e para garantir a participação do público, a Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia disponibiliza, diariamente, um ônibus saindo do Teatro Castro Alves (campo Grande), às 14h em direção ao Arquivo Público do Estado, gratuitamente.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Ilê Aiyê promove curso "Estética Afro" - BA




A Escola Profissionalizante do Ilê Aiyê acaba de abrir 60 vagas para a Oficina de Estética Afro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na nossa sede, no Curuzu. São aulas práticas de maquiagem, corte de cabelo, manicure e trançado. Já as teóricas abordam temas como relações interpessoais, oratória e atendimento ao público.

Mais informações: 2103-3400

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Oficina discute a importância do ato de brincar na infância nesta sexta, 08/08 - BA

Brincar é um direito de todas as crianças, garantido em instrumentos legais de âmbito nacional e internacional, a exemplo do Estatuto da Criança e do Adolescente e da Declaração Universal dos Direitos da Criança.
Ciente da importância do tema, o Grupo de Pesquisa Tecnologias Inovação Pedagógica e Mobilização Social (Tipemse), vinculado ao Departamento de Educação (DEDC) do Campus I da UNEB, em Salvador, realiza no dia 8 de agosto, a partir das 14h, a oficina Brincar para Todos.
O evento, promovido nas instalações do DEDC, tem como objetivo promover uma reflexão sobre a importância do brincar para o desenvolvimento e o processo de socialização das crianças.
A oficina, que é gratuita e possui entrada franca, tem como público-alvo pais, professores, estudantes e demais interessados pela temática.
A programação do evento conta com rodas de conversa, brincadeiras, criação de brinquedos e discussões sobre o tema. As inscrições devem ser realizadas no dia e local do evento.
Como desdobramento da proposta da oficina, estudantes do sétimo semestre do curso de Pedagogia do Campus I vão realizar no sábado (9), das 13h às 16h30, atividades voltada para crianças no DEDC.
Informações: tipemse.blogspot.com.

FONTE: Sirleia Araújo/Núcleo de Jornalismo da UNEB/Assessoria de Comunicação

MEC e Ministério Público promovem o III Encontro Estadual de Educação - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)