Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

.

sábado, 18 de abril de 2015

Debate sobre o ensino de História e Cultura Afro-brasileiras à distância


Dúvidas como participar? Acesse: http://migre.me/pweMA



Diversos materiais, relacionados ao tema, podem ser disponibilizados pelo professor convidado, tais como: artigos, vídeos, imagens, textos, telas etc.


Não é preciso nenhuma inscrição, é gratuito! Para participar basta ter uma conta no Facebook e acompanhar as postagens realizadas na página EaD no Face.

Você poderá interagir com o professor e com os demais via comentários e também realizar outras ações próprias do facebook: curtir, compartilhar etc.

Como não se trata de evento "ao vivo", você poderá acessar as postagens a qualquer momento.

Não emitimos certificado de participação (ou qualquer tipo de declaração de participação, por mais simples que seja) para as atividades realizadas na página EaD no Face

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Curso à Distância de Gestão de Acervos Bibliográficos, Arquivísticos e Museológicos

O Curso procura preencher uma lacuna identificada na rotina de muitas instituições no tratamento dos acervos sob sua guarda e responsabilidade. Essa lacuna está localizada na confluência entre os diversos saberes que regem as atividades comuns ao tratamento dos acervos históricos, arquivísticos e bibliográficos: a conservação, o tratamento técnico, a pesquisa e a difusão. Todas essas atividades são complementares e só adquirem sentido quando executadas em conjunto e de forma articulada. Em outras palavras, só tem sentido realizar investimentos em conservação – investimentos que podem ser exponencialmente multiplicados quando há o cuidado com a restauração – se o acervo for tecnicamente organizado, catalogado, estudado e transformado em fonte de pesquisa e conhecimento pelas diversas formas midiáticas disponíveis hoje. Denomina-se Gestão de Acervos a execução de forma planejada e articulada dessas atividades, aspectos que serão trabalhados no curso.

:: EDITAL


Público: profissionais que trabalham direta ou indiretamente com acervos documentais e/ou arquivísticos e/ou bibliográficos, portadores de diploma de curso superior reconhecido pelo MEC.
Vagas: 200 (para candidatos de todo Brasil)
Carga horária: 180 horas-aula desenvolvidas a distância, com um encontro presencial ao final do curso, que acontecerá em Recife-PE.
Duração: 6 meses.
Valor: o Curso é gratuito.

Inscrições: 30/03/2015 a 30/04/2015.
Endereço: Capacita/Diretoria de Formação/Fundação Joaquim Nabuco(Fundaj) - Telefone: (81) 3073-6629
Rua Dois Irmãos, 92 - Edifício Antiógenes Chaves - Apipucos
CEP: 52071-440 - Recife/PE.
Fundaj

sábado, 11 de abril de 2015

SEAD/UFRB abre inscrições para cursos EaD sem tutoria - BA

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio do Núcleo de Educação Continuada da Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD), informa que estão abertas, até 29 de abril, as inscrições para os cursos de Educação a Distância (EaD) sem tutoria. Tratam-se de cursos livres que não possuem o acompanhamento de tutores ou professores e o objetivo é promover a educação continuada para interessados em aprofundar-se em um tópico específico, visando aprimorar sua formação.
São ofertados dois cursos: Moodle para Professores e Tutores EaD, com carga horária de 34h, que tem como objetivo habilitar professores e tutores na utilização das potencialidades pedagógicas da plataforma Moodle em cursos ou disciplinas presenciais, semipresenciais ou a distância; Planejamento, Avaliação e Fundamentos da EaD, com carga horária de 51h, que propõe a compreensão dos fundamentos da educação a distância a fim de planejar e introduzir uma prática consistente de avaliação processual nesta modalidade de ensino.
Moodle para Professores e Tutores EaD  
Carga horária: 34h
Inscrições: até 29 abril/15
Período do curso:  01 a 31 maio/15

Planejamento, Avaliação e Fundamentos da EaD
Carga horária: 51h
Inscrições: até 29 abril/15
Período do curso:  01 a 31 maio/15

Mais informações: http://www.ufrb.edu.br/ead/   

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Instituto oferece curso gratuito para empreendedores culturais - BA


Mesmo com todas as possibilidades de eventos voltados para a arte e o entretenimento em Salvador, há pouco investimento e estímulo para a formação de empreendedores populares, especialmente para a juventude da periferia da cidade. Pensando nisso, o Instituto Mídia Étnica lançou no dia 1º de abril, um edital de seleção de jovens para participar de um programa gratuito de formação em produção cultural, com foco em empreendedorismo, diversidade e sustentabilidade.

O projeto Jovem Empreendedor@ Cultural tem como objetivo capacitar moradores da periferia de Salvador e Região Metropolitana, com idade entre 16 a 29 anos, que já tenham uma mínima experiência na área de eventos, inclusive comunitários, como festivais, campeonatos, gincanas ou outras atividades de produção cultural.

O curso, que tem o apoio do Fundo Baobá,  é totalmente gratuito e terá carga horária de 100h, com aulas ministradas por especialistas, aos sábados, na sede do Instituto Mídia Étnica, no bairro do Dois de Julho. “Nossa intenção é oferecer uma formação por meio de aulas expositivas, palestras, debates, visitas técnicas e eventos com a participação de profissionais e empreendedores dos segmentos”, explica a comunicóloga Ilka Danusa, coordenadora do projeto. “O projeto também pretende estimular a liderança, a tomada de decisão, a geração de renda e atitudes sustentáveis”, completa.

Para se candidatar a uma das vagas, o interessado deve enviar ficha de inscrição preenchida e currículo com as experiências de produção cultural, mesmo não profissionais para o endereço:redecorreionago@gmail.comAs Inscrições vão até o dia 10 de abril de 2015, as aulas começam em 09 de maio e duram sete meses. O edital completo e a ficha de inscrição estão disponível no siteCorreioNago.com.br

Criado em 2005, o Instituto Mídia Étnica é uma organização sem fins lucrativos que realiza projetos para assegurar o direito humano à comunicação e o uso das ferramentas tecnológicas pelos grupos socialmente excluídos, especialmente a comunidade afro-brasileira.

OUTRAS INFORMAÇÕES
Endereço para envio dos documentos: redecorreionago@gmail.com
Contato para dúvidas e mais informações: (71) 3011-0980
Instituto Mídia Étnica
Rua Areal de Baixo, nº 06 – Dois de Julho / Salvador – BA

Clique aqui para baixar o edital

Clique aqui na FICHA DE INSCRIÇÃO

FONTE: Correio Nagô

sábado, 28 de março de 2015

Fiocruz abre inscrições para 600 vagas em curso gratuito de especialização a distância

As inscrições foram prorrogadas e podem ser realizadas até o dia 24 de abril de 2015.

Estão abertas até o dia 24 de abril de 2015 as inscrições para o curso gratuito a distância de 'Especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde'. A oferta é feita pela Coordenação de Educação a Distância (EAD/ENSP-Fiocruz) junto à Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz ENSP/FIOCRUZ.
O curso terá 432 horas de atividade a distância e mais 3 encontros presenciais, que juntos somam 72 horas de atividades. Neles, os estudantes realizarão provas, entrega de trabalho, entre outros. A presença nesses encontros é obrigatória e o custo com deslocamento e hospedagem é por conta do estudante.

Inscrições

Podem se inscrever pessoas que tenham graduação completa em instituição reconhecida pelo MEC e que tenham acesso a computador com internet, para poder realizar as atividades do curso. O candidato precisa dispor de 7 horas por semana para o estudo e ter interesse ou ligação com trabalho na área de saúde. Caso queira se inscrever, clique aqui e preencha a ficha.
Depois disso, é necessário enviar uma série de documentos para o endereço disponível no edital. Dentre eles, cópia do RG, do CPF, da certidão de casamento para quem é casado, foto 3x4 recente, entre outros.
A Fiocruz informa que embora o número de vagas seja de 600, caso haja muita procura, essa quantidade pode aumentar em até 20%, dando oportunidade para mais estudantes. A seleção será feita através da análise de currículo.

Encontros presenciais e início do curso

Ao todo, os selecionados precisarão ir a 3 encontros presenciais que poderão ser realizados nas seguintes cidades: Rio de Janeiro, Brasília ou Recife. A participação é obrigatória e chegar até a cidade escolhida é responsabilidade do estudante, bem como os gastos que venha a ter durante os encontros. O curso tem início previsto para junho.
Quem tiver interesse em cursos mais curtos, que sejam de extensão, pode se inscrever para concorrer a uma das 30 mil vagas disponibilizadas pela Universidade de São Paulo- USP. Totalmente gratuito e a distância. Clique aqui e saiba mais.

FONTE: Blasting News

IGHB promove mini-curso “O Cangaço na Bahia” - BA


O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia promove o mini-curso “O Cangaço na Bahia”, que será realizado de 8 a 10 de abril, das 14h às 17h, sob a coordenação do historiador Rubens Antonio.

O Cangaço foi um movimento que agitou o Nordeste, com reflexos que se estenderam desde então. Muito daquilo que é verdadeiro, que é fato, está, atualmente, deturpado, obscurecido por camadas e camadas de recontares, lendas, especulações, facciosidades.

O conhecimento dos principais eventos a ele relacionados, porém, é ainda muito limitado. Daí, este curso buscar não só esclarecer como apontar elementos que referenciem o estado de arte do conhecimento. Assim, será trabalhado o sabido e documentado de eventos como combates, abrangências, disposições várias que constituem, muitas vezes, pontos-de-partida para o verdadeiro entendimento enquanto fenômeno histórico.

Acompanhe a Programação:

Dia 8 - 1924 a 1929: Cangaço em ascensão
Alvorada lampiônica
As primeiras notícias
O crescendo do temor
Reações pomposas e inúteis
A chegada efetiva
As primeiras sagas e tragédias
Perplexidades

Dia 9 - 1929 a 1933: Cangaço tonitruante
O apogeu do Cangaço na Bahia
A melhor percepção
Menos perdas
Subgrupos e domínios
Início do contra-ataque
Violência de lado a lado

Dia 10 - 1933 a 1940: Derrocada do Cangaço
Grandes perdas
Marcando passo
Às portas do fim
Lá, apaga-se o Lampeão
Cá, apaga-e o Corisco
Olhando para frente
Mitificação
Olhando para trás




Instituto Geográfico e Histórico da Bahia
Avenida Joana Angélica, 43 - Piedade
Salvador - BA
71 3329 4463/6336

quinta-feira, 26 de março de 2015

terça-feira, 24 de março de 2015

Fórum de Lideranças - Desafios da Educação


O Fórum de Lideranças: Desafios da Educação, é uma iniciativa da Blackboard Brasil e do Grupo A Educação com o objetivo de reunir líderes e gestores de Instituições de Ensino para juntos debatermos as perspectivas e desafios de um ensino que envolve o aluno como agente ativo no processo de aprendizagem.

O evento, promovido em parceria com a Universidade Positivo e a Hoper Educação, é uma oportunidade para juntos discutirmos práticas, compartilharmos ideias e somarmos experiências a fim de promover um ensino cada vez mais inovador e centrado no aluno. Esperamos você no dia 08 de abril, no Bloco Azul da Universidade Positivo, em Curitiba.

O tema central é "O aluno como agende ativo no processo de aprendizagem"

As inscrições são gratuitas (vagas limitadas).

Garanta já sua participação! 


Abertas inscrições para curso gratuito de gestão de ONGs - BA

Aulas terão início no próximo dia 17 e ocorrem na Fundação Visconde do Cairu — Rua do Salete, 50, Barris

Estão abertas as inscrições para dois cursos gratuitos que buscam qualificar lideranças de ONGs. Os cursos Desenvolvimento de Lideranças para o Terceiro Setor e Princípios para a Gestão Social Sustentável terão início no próximo dia 17 e ocorrem na Fundação Visconde do Cairu — Rua do Salete, 50, Barris.
São 20 vagas para organizações, que podem indicar três pessoas por entidade. Será fornecido certificado de conclusão. A iniciativa é da Parceiros Voluntários, que trabalha no desenvolvimento de metodologias para capacitar organizações sociais.

FONTE: Correio da Bahia

terça-feira, 17 de março de 2015

SEMA promove Seminário "Água e cidadania" - BA


Senado promove curso online de Política Contemporânea




O que é democracia? Como funciona o Poder Legislativo? Que sistemas partidários existem no mundo e como se diferenciam? Como é sua evolução no Brasil? Estes são alguns dos tópicos do curso online gratuito promovido pelo Instituto Legislativo Brasileiro, do Senado Federal. 

segunda-feira, 16 de março de 2015

Filme de Maziar Bahari será lançado no Brasil

A exibição faz parte da campanha internacional que cobra do Irã o cumprimento de seus compromissos internacionais de direitos humanos

No próximo dia 17, o Cineclube do Balaio Café, em Brasília, exibirá o filme To Light a Candle, do cineasta iraniano Maziar Bahari. A exibição terá início às 20h e faz parte do ciclo de eventos do lançamento oficial do filme no Brasil. O evento é gratuito, aberto ao público e pretende debater sobre a situação de direitos humanos no Irã, tendo como estudo de caso a negativa de acesso à educação superior aos bahá’ís naquele país.

Lançado internacionalmente mês passado, o documentário To Light a Candle faz parte da campanha Educação não é crime, cujo objetivo é chamar atenção para a situação dos bahá'ís no Irã, além de contribuir com a campanha mundial para que o Irã cumpra com os compromissos assumidos junto ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em 2010. Nas próximas semanas, o país aceitará novas recomendações de seus pares em Genebra, e a preocupação geral é que nenhuma das promessas feitas até o momento foram cumpridas, em especial as que têm relação com os bahá’ís.

O filme destaca a resistência dos bahá’ís iranianos que, em face das sistemáticas tentativas do governo para impedí-los do acesso à educação superior, desenvolveram o Instituto Bahá’í de Educação Superior (BIHE, do inglês). Com entrevistas, histórias pessoais e vídeos de arquivo, frequentemente levados para fora do Irã clandestinamente, o filme procura documentar a realidade cotidiana dos bahá'ís, que vivem sob a ameça de violência e prisão, enquanto acadêmicos são impedidos de exercer sua profissão tentam educar a juventude em residências particulares.

A programação da noite contará ainda com uma mesa redonda que abordará a questão dos direitos humanos no Irã. Uma das participantes é a jovem bahá’í Hasti Khoshnam, que foi aluna do BIHE na década de 1990. “Sempre quis ser professora, mas por causa da intolerância religiosa esse sonho não seria possível no Irã, meu país de origem”, diz Hasti, que hoje trabalha numa escola no Lago Sul.

Sobre o diretor
Maziar Bahari foi repórter da Newsweek no Irã entre 1998 e 2011 e produziu diversos outros documentários sobre o país, além de reportagens para emissoras de todo o mundo, incluindo a BBC, Channel4, HBO e Discovery. A próxima campanha de Bahari será dedicada à liberdade de expressão e de imprensa no Irã. Durante os Protestos Eleitorais no Irã em 2009, foi preso sem acusações e detido por 118 dias - tema de seu próximo filme. "Esse tipo de evento internacional, com foco em alguns dos principais temas levantados pelo documentário, são não apenas instrumentais para chamar atenção para o sofrimento enfrentado pelos bahá'ís ao longo de muitas décadas, mas também um estímulo para mudanças positivas. Enquanto os bahá'ís continuarem a enfrentar injustiças, e enquanto as autoridades iranianas os tratarem como cidadãos de segunda categoria, ainda haverá muito a ser feito", afirma Bahari, que estará no Brasil em abril desse ano.

Sobre a situação dos bahá’ís no Irã
Segundo Iradj Roberto Eghrari, representante da Comunidade Bahá’í do Brasil, a perseguição contra os bahá’ís no Irã não é uma simples política de governo. “Essa perseguição não é uma ação do governo atual ou do anterior, nem depende da posição do governante - ou seja, é uma política de estado que vem sendo implementada desde o início da Fé Bahá’í, em 1844. Documentos revelados pela ONU comprovam que o objetivo dessa política, que foi intensificada com a Revolução Islâmica em 1979, é eliminar a viabilidade da comunidade bahá’í do Irã por meio da supressão econômica, do impedimento do acesso à educação e da instabilidade gerada pelas prisões e detenções arbitrárias, que podem ocorrer a qualquer momento, com qualquer bahá’í naquele país.”


Serviço:
Data: 17 de março
Local: Balaio Café (201 Norte)
20h - Exibição do filme To Light a Candle
21 - Mesa Redonda
Moderação: Iradj Roberto Eghrari, especialista em Direitos Humanos
Participação especial de Hasti Khoshnam (BIHE) e Elianildo Nascimento (Iniciativa das Religiões Unidas - URI)

Contato:
Fábio Lucas | Assessor de Comunicação Secretaria Nacional de Ações com a Sociedade e o Governo
Comunidade Bahá'í do Brasil (61) 3255 2200 / 9160-5731

Palestra "Uma História das Descobertas Científicas sobre o Cérebro"


Quarta-feira, 18 de março de 2015, às 20:00h (Horário de Brasília)
Evento de acesso livre e gratuito

Palestra ministrada por videoconferência pelo Prof.Dr. Renato M.E. Sabbatini para o público geral sobre a linha de tempo das descobertas científicas mais importantes realizadas sobre o cérebro desde a civilização egipcia até o presente.


A atividade é parte do calendário oficial da IV Semana Nacional do Cérebro, um programa internacional (Brain Awareness Week) desenvolvido pela Dana Foundation, Society for Neuroscience (SfN) e Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento (SBNeC).

Objetivo:

Expor para o público leigo como se realizam pesquisas e descobertas científicas nas várias áreas da neurociência, com base em sua história desde Galvani (século XVII), desta forma despertando o interesse pelo estudo mais aprofundado da área, e uma maior conscientização sobre sua importância e contribuições para a humanidade.

Tópicos:

  • O cérebro como órgão da mente, pensamento, consciência e emoções: primeiras descobertas sobre sua anatomia e função
  • Os primórdios do estudo científico do cérebro: bioeletricidade, localização, constituição celular
  • Neurônios, sinapses, neurotransmissores e redes neurais
  • O desenvolvimento de métodos e técnicas de estudo funcional e por imagens do cérebro e da mente
  • Descobertas sobre a memória, o aprendizado e as emoções
  • A interdisciplinariedade das neurociências modernas. Áreas de aplicação.
  • Como tornar-se um neurocientista

A palestra será seguida de uma fase de perguntas e respostas do público com o palestrante.

Inscrições

Sala de Videoconferência:

Vagas
100

sábado, 14 de março de 2015

UNB lança curso online grátis de nível superior

UNB lança curso online grátis de nível superior. A UNB é a primeira universidade federal a oferecer um programa do gênero no Brasil Elaborado em parceria com o portal Veduca, o Mooc de Bioenergética é o primeiro do País na área de Ciências da Saúde e está disponível online gratuitamente.

Já o Mooc da UnB foi criado para suprir uma falta de cursos online na área de Biológicas. “Um curso como esse é básico, por exemplo, para qualquer médico. Hoje o perfil de quem faz Mooc é o aluno de Exatas e poucos são de Ciências da Saúde, exatamente porque ainda há falta de cursos online nessa área”, explica Souza.

Qualquer interessado pode se inscrever no site do Veduca para cursar o Mooc de Bioenergética. As aulas são grátis e não há limite de prazo para se inscrever e até para concluir o curso – é o aluno quem organiza o tempo de estudo.

Os vídeos disponíveis foram gravados no segundo semestre do ano passado, em aulas dadas pelo professor Fernando Fortes de Valencia, da UnB, aos alunos de Ciências Biológicas de licenciatura e bacharelado da instituição. Dividido em 14 aulas (com 1h20 e separadas em quatro partes, em média) o Mooc oferece fóruns de discussão, testes online e debates com o professor.

No fim do curso, que em média leva três meses para ser concluído, haverá uma prova presencial e distribuição de certificado para quem for aprovado.

Em caso de dúvida, entre em contato – contato@veduca.com.br

Semana do cérebro - BA



Na próxima semana (16 e 22 de março),  a cidade de Salvador será ocupada por atividades gratuitas e abertas ao público da Semana do Cérebro ou Brain Awareness Week (BAW), uma campanha mundial para divulgar os benefícios do estudo do cérebro.
 
Serão cine-debates, feiras, ciclos de palestras, visitas a escolas e muito mais!

É ciência e sociedade interagindo em uma abordagem dinâmica e lúdica para todas as idades.

Confira programação no site: http://www.semanadocerebrobahia.org/

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

NEAD/UFPI lança edital com 486 vagas para cursos de Especialização - PI

A Universidade Estadual do Piauí - UESPI, por meio do Núcleo de Educação a Distância - NEAD e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROP, torna público a Seleção de alunos para Curso de Pós-Graduação (Especialização - Latu Sensu) na Modalidade a Distância. Estão sendo disponibilizadas 486 vagas nos seguintes cursos: Especialização em Biodiversidade e Conservação; Educação Infantil: Infância e Instituição Escolar; Ensino de Filosofia no Ensino Médio; Ensino de Matemática no Ensino Médio; Ensino de Sociologia no Ensino Médio; Estudos Linguísticos e Literários; Gestão Educacional; Gestão e Educação Ambiental; História e Cultura Afro-Brasileira e Africana; Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS; Língua Espanhola; Língua Portuguesa; Gestão Pública e Gestão Pública Municipal.
Para pleitear vaga, o candidato deve possuir diploma de curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação - MEC. As inscrições são online pelo site do NEAD (consta no Edital), entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março, até às 18h, sendo que o deferimento será condicionado à conferência dos documentos comprobatórios listados no item 4.1 do Edital. A documentação deverá ser entregue no Polo UAB de Origem da vaga nos mesmos dias e horários das inscrições. O processo de seleção será através de Análise Curricular (deferimento das inscrições) - fase eliminatória e Prova de Títulos/Análise do Curriculum Vitae - fase classificatoria.
O Resultado da homologação dos inscritos será dia 19 de março, o da análise curricular, dia 25 de março e o Resultado final dia 31 do mesmo mês. As matrículas serão dia 8 de abril e início das aulas imediatamente após o aluno ter se matriculado. A Diretora do NEAD, Professora Doutora Margareth Torres enfatiza mais esta oportunidade oferecida pelo núcleo.
"É mais uma oportunidade oferecida pelo NEAD para os portadores de curso superior de fazerem uma Especialização gratuita e de qualidade, oferecida pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Além do mais, nosso cursos, sejam eles de graduação ou pós-graduação disponibilizam material didático totalmente gratuito, composto de livros e videoaulas", finaliza Margareth Torres.

Curso gratuito aborda atuação de mulheres negras no Brasil

Estão abertas as inscrições para o curso "Produção Intelectual de Mulheres Negras – Trajetórias das Mulheres Negras no Brasil", organizado pela Associação Mulheres de Odun (AMO).
Realizado no âmbito das ações do Prêmio Lélia Gonzalez, o curso trata das produções de mulheres negras em vários períodos da história brasileira, relacionando com a trajetória geral das mulheres no Brasil.
As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro e podem ser feitas pelo site www.amoead.com.br . O curso tem início no dia 9 de março e será realizado na modalidade a distância, gratuitamente.
Realizado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir) e pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), o concurso distribuiu R$ 2 milhões a projetos que envolvem mídias; campanhas; eventos (cursos, seminários, oficinas, encontros ou similares); produção de publicações, registro e memória.
Todo o material é distribuído em três eixos prioritários: Protagonismo da Organização; Enfrentamento ao Racismo e ao Sexismo Institucional e; Cultura e Comunicação para a Igualdade.
No total, foram premiadas 13 instituições que atuam em âmbitos nacional, estadual e municipal, sediadas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Bahia e Amapá.
Lélia Gonzalez
Lélia (1935-1994), foi antropóloga e ativista e é referência dos movimentos negros e de mulheres. Seu legado é fonte permanente de inspiração para diversas ações de enfrentamento ao racismo e ao sexismo, bem como para iniciativas que visam ampliar a participação política das mulheres, especialmente das mulheres negras.
Fonte: